Curso de Capelania Empresarial

 

 

 

 

 

 

CURSO LIVRE – NÃO RECONHECIDO PELO MEC

 

CURSOS DE EXTENSÕES LIVRES DE DOUTORADO DE TITULAÇÃO INSTITUCIONAL E APERFEIÇOAMENTO PROFISSIONAL

 

Amparados pela lei nº. 9394/96, Decreto nº. 5.154/04 e  deliberação CEE 14/97.

 

Nossos cursos são cursos livres que tem o respaldo nos pareceres: 1º) 241 de 15/03/99 que trata dos Cursos Superiores de Teologia 2º) 296 de 10/08/99 que regulamenta o aproveitamento de estudos realizados em Seminários Maiores (Faculdades de Teologia) em cursos de licenciatura. O parecer do Conselho pleno de nº 97 de 06/04/99


 

O MEC só autoriza cursos de graduação e pós-graduação. Já as Secretarias Estaduais de Educação autorizam cursos técnicos profissionalizantes e do ensino médio. Cursos livres não se classificam como cursos de graduação, pós-graduação ou técnico profissionalizantes. Nossos cursos são cursos livres, de atualização/qualificação:

 

Os Cursos Livres, que após a Lei nº 9.394 - Diretrizes e Bases da Educação Nacional passaram a integrar a Educação Profissional, como Educação Profissional de Nível Básico, caracterizam-se pela modalidade de educação não-formal de duração variável, destinada a proporcionar ao trabalhador conhecimentos que lhe permitam reprofissionalizar-se, qualificar-se e atualizar-se para o trabalho. Não há exigência de escolaridade anterior.

 

 

CAPELANIA EMPRESARIAL

 

O que é um capelão empresarial?

 

É um recurso que tem por finalidade ajudar as pessoas associadas com a empresa, levando-os a desfrutar de uma vida satisfatória, segundo os desígnios de Deus.

 

Porque se oferece o serviço de capelania nas empresas?

 

No transcurso da vida todos nos experimentamos problemas de vez em quando. Esses problemas sejam na família, no matrimonio, nas finanças, adições, enfermidades, etc. dificultam a vida (feliz) e realizada que todos anelam.Através duma orientação adequada é possível adquirir a preparação para prevenir ou superar muitos dos problemas que se possam apresentar na vida.Com a ajuda desses recursos espirituais, psicológicos e sociais se busca analisar a situação e programar um plano de ação adequado para resolver ou dirigir o problema.

 

 

O que é um capelão empresarial?

 

 

O que é Capelania?

 

É uma assistência religiosa prestada por pessoa formada e preparada para o ministério de assistência religiosa garantida por lei em entidades civis e militares de internação coletiva como dispositivo previsto na Constituição Brasileira de 1988 nos seguintes termos: «é assegurada, nos termos da lei, a prestação de assistência religiosa nas entidades civis e militares de internação coletiva. » (CF art. 5º, VII).

 

Capelania é uma atividade cuja missão é colaborar na formação integral do ser humano, oferecendo oportunidades de conhecimento, reflexão, desenvolvimento e aplicação dos valores e princípios ético-cristãos e da revelação de Deus para o exercício saudável da cidadania.

 

 

É um homem ou mulher de Deus, treinado, capacitado, ético que tenha o espirito de excelência, de sabedoria e conselho que vai se relacionar com o pequeno e o grande empresário, com os funcionários das empresas, desde o menor até o maior cargo e na maneira como estes lidam com seus consumidores para que haja melhor desempenho e compromisso entre produtores e consumidores melhorando nossa sociedade.

 

O capelão empresarial usará a bíblia para trazer valores espirituais, para que os princípios de todas as partes sejam justos, lembrando que tudo o que é produzido e comercializado depende de uma só fonte (vida) que só Deus pode mantê-la.

 

Capelão empresarial é um agente de Deus dentro das empresas para através da prevenção evitar crises e solucionar as já existentes, trabalha para que a empresa alcance todos seus alvos.

 

Objetivo do curso :

 

O curso tem por objetivo qualificar pessoas para o exercício da capelania, proporcionando acesso aos saberes teórico-práticos que sejam capazes de promover uma atuação consoladora e revitalizadora de esperanças através da espiritualidade e do aconselhamento cristão no ambiente hospitalar, no presidio, nas escolas, na familia e em situação de luto, tanto de forma preventiva como curativa.

 

 

Sua Postura deverá ser

 

 

Postura de um CONSELHEIRO: que tem espirito de Deus e conhecimento na área que vai atuar.

 

Postura ÉTICA: respeitando todas as ideias tanto do empregador como do empregado, sugerindo só na hora que for solicitado.

 

Postura de CONFIANÇA = FIDELIDADE: saber ouvir e aconselhar sem causar nenhum mal estar dentro da empresa.

 

Postura AMIGAVEL: trazendo paz ao ambiente de trabalho, promovendo reconciliação entre os que estão vivendo em inimizade.

 

Postura OTIMISTA: Capelão sempre terá uma palavra de vitória e superação. Ele sempre diz que tudo vai terminar bem. Nunca se une ao pessimista.

 

Postura de FÉ: cria um ambiente de dependência de Deus, para alcançar o melhor.

 

Postura VISUAL: sempre bem vestido , nunca usando roupas ou adereços que chamem atenção.

 

 

O que faz um capelão empresarial.

 

-Um capelão empresarial não e um pregador, ele presta assistência espiritual e emocional.

 

-Capelão empresarial não pode impor suas próprias crenças aos outros, tem que ter sensibilidade para conviver com todos.

 

-Capelão empresarial estará disponível a qualquer hora para intermediar uma crise.

 

-Fazer com que o empresário entenda, que a maior segurança deverá estar em Deus : Salmos Cap. 127: Vers. 1,2

 

-Levá-los a entender que toda semente vai gerar. Se plantar injustiça a seu tempo ele colherá.Êxodo Cap. 3: Ver. 7,Deuteronômio Cap. 25: Vers.13 a 16, Prov érbiosCap. 14: Ver. 31Tiago Cap. 5: Ver.4.

 

-Fazer o empresário saber que os ventos, tempestades e as crises que atingem a todos, são circunstanciais e ajuda-los a recomeçar.

 

-Ajudar no padrão de qualidade avaliando o comportamento dos empregados, em relação a sua satisfação em trabalhar nesta empresa reduzindo assim insatisfação e o stress na relação funcionário empregador. Eclesiastes Cap. 4: Ver.1

 

-Leva-los a entender que o maior patrimônio que o homem pode ter é a sua família. Não deixando a empresa tomar todo seu tempo.

 

-Criar relacionamento familiar comprometido.

 

 

Curiosidade

 

 

-Nos Estados Unidos, o maior índice de divórcio está no meio empresarial. O que faz o capelão empresarial em relação aos funcionários

-Promover a ética no ambiente de trabalho, encorajando ao respeito as normas de trabalhos estabelecidos pelas empresas, horário, segurança, produtividade, etc., para que possam desfrutar de melhor carreira dentro da empresa, obtendo assim boas recomendações em caso de transferências..

 

-Ajuda-os a equilibrar tempo de trabalho, vida familiar, e vida espiritual evitando consequências desastrosas.

 

O que faz o capelão em relação as empresas

 

-Faz com que patrões e empregados entendam que as empresas são um

bem comum da sociedade. Elas são geradas por homens e mulheres de bem que investiram conhecimento, trabalho e finanças. São mantidas pelos trabalhadores e pela sociedade que consome todo bem produzido. Assim

 

tanto o proprietário, como o trabalhador, como a sociedade de consumo, devem entender que todos dependem um do outro.

 

Referente a Capelania Empresarial.

 

- Campo muito grande de evangelização.

-Empresarios estão entre os seres humanos mais solitarios mundo.

-Grande índice de uso drogas.

-Grande índice de divórcio.

-Em sua maioria não conseguem lidar com fracasso.

-Na crise extremas,muitos são levados suicidio.

 

Capelania Assistencial

 

O que é um Capelão assistencial?

 

Um capelão assistencial é um profissional interdenominacional treinado e capacitado para atender a sociedade como um todo, como um bom samaritano, conselheiro e amigo de todos os feridos e machucados .

 

Por que utilizar um capelão para ajudar as pessoas na comunidade? O Capelão e o Aconselhamento

 

Parte divina – “E repousará sobre ele o Espírito do Senhor, e o Espírito de sabedoria e de inteligência, e o Espírito de conselho e de fortaleza, e o Espírito de conhecimento e de temor do Senhor” (Is 11:2).

 

Parte humana – “Onde não há conselho os projetos saem vãos, mas, com a multidão de conselheiros, se confirmarão” (Pv 15:22).

“Não havendo sábia direção, o povo cai, mas, na multidão de conselheiros, há segurança” (Pv 11:14).

 

“Apascentai o rebanho de Deus que está entre vós, tendo cuidado dele, não por força, mas voluntariamente; nem por torpe ganância, mas de ânimo pronto; nem como tendo domínio sobre a herança de Deus, mas servindo de exemplo ao rebanho” (1 Pe 5:2, 3).

 

Aconselhar pode ser definido como proclamação do perdão dos pecados. Para um Capelão Evangélico, o aconselhamento é, antes de tudo, a comunicação da Palavra de Deus. No aconselhamento, o Capelão desenvolve diálogo que visa levar a pessoa ao rompimento com a vida nas trevas. No aconselhamento o Capelão utilizará os princípios bíblicos e habilidades diplomáticas para a orientação da conduta e das decisões que a pessoa terá que tomar.

 

Aconselhar é a arte de ajudar a fazer ver as coisas que não podem ser vistas. É no entanto, no fazer ver as coisas ocultas aos olhos dos que sofrem que está a arte de ajudar. E a potencialidade conferida a cada um de nós por Deus e a habilidade de discernimento em campos obscuros.

 

“O navegador depende de uma bussola para traçar seu curso. Por que a bússola? Porque ela lhe mostra o rumo. “William Flecher”

 

Aconselhar é como guiar um cego que sabe o que quer, mas não sabe como chegar lá. Assim, o papel do Capelão-conselheiro é ajudar alguém a chegar a algum lugar, num porto seguro, sempre à luz da Palavra de Deus e de um compromisso com as questões eternas.

 

“O papel do Capelão é semelhante a um clínico geral, que quando não resolve o problema, encaminha para um especialista”.

 

Tudo é importante: Agenda, construção, administração, mas o Aconselhamento é cura e milagre para as pessoas. Mesmo sabendo que diante de algumas situações teremos que reconhecer a nossa limitação, confiamos na suficiência da GRAÇA de Deus, que opera em nós e através de nós. Devemos seguir o exemplo de Jesus.

 

O Mestre amado fez isso com:

 

· A mulher samaritana no poço de Jacó (João 4)

· Pedro após a ressurreição (João 21:15). Os Apóstolos por diversas vezes – João 14 e 16

· Com a mulher de fluxo de sangue e com Jairo (Marcos 5:21).

· O Mestre parou a multidão para atender apenas um ser que estava sofrendo as angústias e as perdas dessa vida.

“Atender é parar as multidões dos nossos projetos, correrias, reuniões,

viagens e dar atenção a quem precisa”.

 

PENSE NISSO

 

“Será que estamos mais ocupados que Jesus? Ou nos achamos tão importante que não dá para parar? E se a doença chegar? E a morte?” Por que negligenciamos o Aconselhamento Individualizado?

 

1º Creio que nós não valorizamos muito o aconselhamento individualizado, porque nós não recorremos a este expediente quando precisamos. Mas todos nós precisamos de aconselhamento, somos pessoas que passamos pelas mais diversas situações. Assim findamos por achar que cada um deve fazer o mesmo.

 

2º Muitas pessoas também evitam serem aconselhadas pelo medo de se expor, aliada ao grande temor de ter sua vida exposta, pela falta de ética de quem vai aconselhar. Porque não sabemos ouvir, não fomos treinados para isso.

 

 

“Às vezes, a solução está mais no ouvir do que no falar”.

 

As pessoas necessitam serem ouvidas por dois motivos:

 

a) Neste mundo elas são um número: RG, CPF, Empresa, Escola, Estatísticas. Não podemos continuar sendo um número no rol de membros ou um valor no rol de dizimistas. É uma questão mais sociológica do que espiritual. David Cho escreveu: “As pessoas neste mundo são um número. Quando vem à igreja querem se sentir gente” (irmão).

 

b) Vivemos numa época em que as vozes deste mundo nos sufocam, confundem a mente, abalam a alma, embrutecem o espírito, cauterizam a consciência. Pai, filho, marido, esposa, empregado, patrão, professor, televisão, rádio, político, internet, ruídos dos carros, igreja, pastor, liderança, tele-evangelistas – Todo mundo está falando. Mas quem está pronto a escutar? Deus? Sim. Mas através de quem? Do Capelão preparado, fiel a Deus, maduro

 

(a). Se não podemos ou não sabemos, permitamos ao menos que outros o façam, o bem de pessoas feridas.

 

Recomendações gerais no aconselhamento

 

- Ouça o suficiente antes de tecer qualquer comentário, conselho ou parecer;

não se precipite. Procure a raiz do problema. Faça perguntas adequadas.

 

- Incentive-o (a) a falar, deixe-o (a) à vontade e seguro (a) para colocar para fora aquilo que o (a) está sufocando. Divida o assunto em partes (família, trabalho, coração, finanças, relacionamentos); faça um mapeamento e defina prioridades.

-Não deixe a espiritualidade em segundo plano, ore e use a Bíblia.

- Cultive a credibilidade moral, espiritual e emocional. Você está sendo observado.

- Seja sensível, porém não se entregue aos sentimentos alheios.

- Veja no aconselhando um ser em potencial para mudar e ser abençoado por Deus. Não o evite.

- Utilize de diversas ferramentas para extrair informações (perguntas, cartas, inventário, família, comportamento), mas nunca recorra a fofocas. Quem trás também leva, isso pode colocar tudo a perder.

- Planeje a melhor estratégia. Exemplo: Atender o casal em separado, depois juntos, falar com os pais depois com os filhos etc.

-Seja humilde para reconhecer as suas limitações e tentações. Trabalhe em parceria. Exemplo: Aconselhamento Pastoral x Psicoterapia, Serviço Social, Advocacia, Medicina, até mesmo outros conselheiros espirituais etc.

Seja ético com as pessoas que você atender. Não use isso como forma de proselitismo.

Cuidado em compartilhar experiências particulares. Sua vida e intimidades podem ficar na “boca do povo”.

 

Lembre-se:

 

Aconselhar é diferente de ordenar! Nunca decida por ninguém, e quando emitir uma opinião ou parecer, faça com segurança, não se deve brincar com a vida ou sentimento alheio Conclusão

 

O exercício da Capelania Evangélica não deve ser feito de qualquer maneira e por qualquer pessoa. Aconselhamento é um instrumento poderoso, uma ferramenta substancial para desfazer os NÓS na vida das pessoas.

 

O Capelão Evangélico NÃO PODE OPTAR entre aconselhar e não

 

aconselhar, mas pode sim preparar-se para aconselhar bem ou então fazê-lo de maneira despreparada!

 

 

O desafio é grande, mas não intransponível. Com a graça de Deus aliada à busca do preparo bíblico, teológico e técnico, poderemos servir a Deus, oferecendo um aconselhamento com qualidade aos que nos procurarem.

 

Materiais do Curso: Os manuais de estudo são todos editados e produzidos pelo SETEAD – SEMINÁRIO DE EDUCAÇÃO TEOLÓGICA KERIGMA DIDACHE.

 

OBJETIVO DO CURSO: Visa o conhecimento acadêmico Teológico com a finalidade de formar pessoas com perspectivas analíticas em cosmovisões diversificadas.

 

 

 

                        

 

AMPARO LEGAL :

 

Nossos cursos são cursos livres que tem o respaldo nos pareceres: 1º) 241 de 15/03/99 que trata dos Cursos Superiores de Teologia 2º) 296 de 10/08/99 que regulamenta o aproveitamento de estudos realizados em Seminários Maiores (Faculdades de Teologia) em cursos de licenciatura. O parecer do Conselho pleno de nº 97 de 06/04/99 que trata da Formação de Professores para o Ensino Religioso nas Escolas Públicas de ensino fundamental. No dia 15/03/99 o Conselho Nacional de Educação, aprovou o parecer nº 241/99 que abre jurisprudência para o reconhecimento dos cursos de Teologia. O Decreto Lei 1051/69 art. 1º valoriza a validação dos estudos “aos portadores de diplomas de cursos realizados em Seminários Maiores, Faculdades Teológicas ou Instituições equivalentes de qualquer confissão religiosa. O Decreto Lei nº 9394 de 20/12/96 art. 50 (LBD) diz: “As instituições de Educação Superior, quando da ocorrência de vagas, abrirão matrículas nas disciplinas de seus cursos a alunos não regulares que demonstrarem capacidade de cursá-las com proveito, mediante processo prévio. A Regulamentação do Ensino à Distância está amparada pelo Decreto nº 5.622 de20/12/05 que regulamenta o Art. 80 da LBD (Lei 9394/96). Art. 1º - Educação à Distância é uma forma de ensino que possibilita a auto-aprendizagem, com mediação de recursos didáticos sistematicamente organizados, representados em diferentes suportes de informação, utilizados isoladamente ou combinados, e veiculados pelos diversos meios de comunicação. Amparo Constitucional: Reconhecido e Auto-Regulamentado pela Lei 1821 de 12/03/1953, e Decreto Lei Nº 34.330 de 21/10/53, Decreto Lei Nº 9.394/96 e 9.475/97 e Pareceres Nº 97/99; 296/99 e 765/99 do Conselho Nacional de Educação e Artigos: 5º,§ 1º, § 8º e 9º e Artigo 210º, § 1º da Constituição Federal .



 

 

Você estará apto para atuar nas seguintes áreas:

 

Liderança Cristã - desenvolver atividades administrativas, docência bíblica na comunidade.
 

Aconselhamento Pastoral - desenvolver atividades de aconselhamento pastoral às famílias, adolescência, etc., confortando, exortando, ensinando o conhecimento de Deus.
 

Missões - implantar igrejas nas áreas urbanas e rurais, não alcançadas pelo evangelho.
 

Evangelismo - levar a mensagem de esperança e salvação das escrituras ao próximo, através da prédica da palavra de Deus, e outros meios.
 

Docência - exercer uma atuação educativa nos estabelecimentos de educação que necessitem de formação teológica, Igrejas, Seminários, etc. Como também atuar nas áreas de estudos e pesquisas, após o termino do curso ingressar em especializações, mestrados.

 

MODALIDADE: Este é um "Curso Livre" em nível de graduação, ou seja, não credenciado ou reconhecido pelos órgãos governamentais competentes.

 

 

 

 

Metodologia : 

 

O curso, na modalidade a distançia,  Os conteúdos serão oferecidos através de temas organizados  atendendo as especificações das cargas horárias estabelecidas na matriz curricular.

 

 

Certificação

 

Os alunos que concluírem as disciplinas e demais atividades exigidas durante o curso, receberão o certificado emitido pelo SETEAD e a DIPLOMA , HISTORICO , CREDENCIAL E ATA DE POSSE.

 

 

O material é disponibilizado EXCLUSIVAMENTE via internet, onde após o acolhimento do pedido de matrícula, enviamos ao aluno um e-mail com o link das matérias, TODAS DE UMA SÓ VEZ, onde poderá fazer o download de cada uma delas, de forma que ficará a seu critério imprimir ou não.

 

 

RECEBA GRATUITAMENTE O SEU CERTIFICADO DE CONCLUSÃO E HISTORICO ESCOLAR COM AS NOTAS E CARGA HORARIA NA SUA RESIDENCIA

 

 

 

CURSO DE CAPELANIA EMPRESARIAL

VALOR : 600,00

MATERIAS : 60

CARGA HORÁRIA : 3.600

 

 

GRADE CURRICULAR :

 

 

1: MATÉRIA ACONSELHAMENTO PASTORAL

2: MATÉRIA ACONSELHAMENTO PSICOLÓGICO E PSICOTERAPIA

3: MATÉRIA ANTROPOLOGIA

4: MATÉRIA AVALIAÇÃO PSICOPEDAGÓGICA

5: MATÉRIA CAPELANIA CARCERÁRIA

6: MATÉRIA CAPELANIA COMUNITARIA E SOCIAL

7: MATÉRIA CAPELANIA EMPRESARIAL

8: MATÉRIA CAPELANIA ESCOLAR

9: MATÉRIA CAPELANIA EVANGÉLICA

10: MATERIA CAPELANIA HOSPITALAR

11: MATÉRIA CAPELANIA INTERNACIONAL

12: MATÉRIA CAPELANIA MILITAR

13: MATÉRIA CAPELANIA PASTORAL

14º MATÉRIA CAPELANIA PÓS-DESASTRE

15º MATÉRIA CAPELANIA PRISIONAL

16º MATÉRIA DIREITO APLICADO A EDUCAÇÃO

17º MATÉRIA DIREITO DO TRABALHO

18º MATÉRIA DIREITO EMPRESARIAL

19º MATÉRIA DIREITOS HUMANOS

20º MATÉRIA DISCIPULADO

21º MATÉRIA ESTRATÉGIA EMPRESARIAL E DE RECURSOS HUMANOS

22º MATÉRIA ESTRATÉGIAS E MÉTODOS EM MISSÃO

23º MATÉRIA ÉTICA PROFISSIONAL

24º MATÉRIA EVANGELISMO

25º MATÉRIA FUNDAMENTO BÍBLICO DA MISSÃO

26º MATÉRIA FUNDAMENTOS  DA PRÁTICA PSICOPEDAGOGICA

27º MATÉRIA FUNDAMENTOS DA FÉ CRISTÃ

28º MATÉRIA FUNDAMENTOS HISTORICOS FILOSOFICOS DA EDUCAÇAO

29º MATÉRIA HISTORIA DO PSICODIAGNOSTICO

30º MATÉRIA LEGISLACAO DE CAPELANIA

31º MATÉRIA LIDERANÇA CRISTÃ

32º MATÉRIA MÉTODO DE CONSTRUÇÃO DE OBJETOS DE APRENDIZAGEM

33º MATÉRIA METODOLOGIA DA PESQUISA CIENTÍFICA

34º MATÉRIA MISSÃO URBANA

35º MATÉRIA NEUROLINGUISTICA APLICADA AO ENSINO E APRENDIZAGEM

36º MATÉRIA NEUROSES E PSICOSES CONFLITOS

37º MATÉRIA ORATÓRIA

38º MATÉRIA PEDAGOGIA EMPRESARIAL

39º MATÉRIA PEDAGOGIA

40º MATÉRIA PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO

41º MATÉRIA PRINCÍPIOS DE ADMINISTRAÇÃO

42º MATÉRIA PRINCÍPIOS E MÉTODOS DE SUPERVISÃO E ORIENTAÇÃO EDUCACIONAL

43º MATÉRIA PSICANÁLISE  SOCIAL

44º MATÉRIA PSICOLOGIA CLINICA

45º MATÉRIA PSICOLOGIA DA APREENDIZAGEM E DO DESENVOLVIMENTO

46º MATÉRIA PSICOLOGIA GERAL

47º MATÉRIA PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL DO TRABALHO

48º MATÉRIA PSICOLOGIA PASTORAL

49º MATÉRIA PSICOPATOLOGIA

50º  MATERIA PSICOPEDAGOGIA CLÍNICA E AS DIFICULDADES APRENDIZAGEM

51º MATÉRIA PSICOPEDAGOGIA

52º MATÉRIA RELAÇÕES HUMANAS

53º MATÉRIA RESPONSABILIDADES SOCIAL E ÉTICA

54º MATÉRIA TÉCNICAS DE NEGOCIAÇÃO

55º MATÉRIA TEOLOGIA PASTORAL

56º MATÉRIA TEORIA DA PERSONALIDADE

57º MATÉRIA TEORIA DE APRENDIZAGEM

58º MATÉRIA TEORIA DO ACONSELHAMENTO

59º MATÉRIA TEORIA E CLINICA PSICANALITICA DE SIGMUND FREUD

60º MATERIA TEORIA PSICANALÍTICA

 

 

Contate-nos

Notícias

Nossa Filosofia

10-02-2014 19:29
Curso de Teologia a Distância : O Curso de Teologia do SETEAD – Seminário de Educação Teológica...

Itens: 1 - 1 de 2

1 | 2 >>

Etiquetas

A lista de etiquetas está vazia.